Locais de atuação: Estado de Pernambuco

Coordenação: Raphaela Delmondes

O projeto é uma pesquisa conduzida pela Universidade de Pernambuco (UPE) envolvendo grupos de autocuidado com pessoas atingidas pela hanseníase, com avaliação de suas formas de organização e abordagens em diferentes experiências no Brasil. O objetivo geral é contribuir com propostas inovadoras e ações complementares para melhorar o acesso do usuário à saúde. Com a compreensão de como os grupos se organizam, o projeto busca abordagens teóricas e metodológicas para ajudar a formar e fortalecer grupos que adotem práticas resolutivas e de cuidado integral.

O projeto também visa fortalecer o grupo de pesquisa no âmbito universitário para a realização de análise crítica de dados qualitativos e quantitativos, com a análise da produção científica brasileira e internacional sobre autocuidado em hanseníase e a coleta de dados para o estudo das experiências dos grupos de autocuidado (GAC) em Pernambuco.

Desde 2011, a UPE executa projetos voltados em parceria com o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) e com apoio da Secretaria de Saúde de Pernambuco e da Secretaria Municipal de Saúde de Recife. A formação de grupos de autocuidado vem sendo apoiada desde 2014 pela universidade, com projetos diretamente financiados pela NHR Brasil desde 2015.