campanha estigma imagem 001

As mensagens buscam enfrentar o preconceito vivido pelas pessoas acometidas pela hanseníase

Hanseníase tem cura. Preconceito também. Com estas mensagens, a NHR Brasil lança a primeira campanha para conscientização sobre o estigma vinculado à hanseníase. Os materiais serão utilizados em atividades e abordagens dos projetos apoiados pela organização no Brasil em 2019, bem como ficarão disponíveis para utilização de instituições e grupos com interesse em promover estratégias de redução do estigma.

É a primeira campanha de comunicação promovida pela organização, com materiais impressos e virtuais que buscam alcançar famílias e comunidades, bem como profissionais de saúde e iniciativas que trabalhem com pessoas acometidas pela hanseníase. As ferramentas abrem caminhos para a discussão sobre atitudes negativas e discriminatórias em decorrência das diversas dimensões do estigma.

São diversos os fatores que contribuem para que o estigma esteja vinculado à hanseníase, como a desinformação sobre suas formas de transmissão e possibilidades de tratamento. Assim, as concepções errôneas circulam na sociedade e acarretam impactos diversos para as pessoas acometidas, afetando relações de convivência nas comunidades, nos ambientes de trabalho e mesmo nos serviços de saúde.

A ideia principal da campanha é mostrar que o estigma está fortemente vinculado à desinformação. Por consequência, estimular as pessoas a saber mais sobre a doença se torna um fator importante para superar preconceitos e enfrentar o problema. A ação está ligada à proposta de redução do estigma, uma das quatro linhas prioritárias de ação da Netherlands Leprosy Relief (NLR) nos países apoiados. A proposta é que todos os projetos no Brasil, mesmo com focos distintos, possam despertar para esta discussão em suas rotinas.

O combate ao estigma também está alinhado à campanha do Triplo Zero, promovida em parceria da Federação Internacional de Associações Anti-Hanseníase (ILEP) e a Organização Mundial da Saúde (OMS). O desafio do Triplo Zero é alcançar três grandes objetivos: zero transmissão da hanseníase, zero incapacidade física em crianças e zero discriminação.

Confira os materiais de campanha

Vídeo - A Luta da Hanseníase contra o Preconceito

Com duas versões de diferentes durações (disponíveis no Youtube), o vídeo faz uma abordagem lúdica com mamulengos trazendo a discussão sobre o estigma nas relações de trabalho e no ambiente da escola, despertando para o debate sobre informações que podem ajudar a enfrentar o preconceito.

 

Cartaz - Hanseníase Tem Cura, Preconceito Também

Folder - Hanseníase Tem Cura, Preconceito Também

Folder - Profissional de Saúde, Com Você a Gente Vence a Hanseníase e o Preconceito